Tupy: receita no 4º tri é a maior da série histórica

A Tupy fechou o quatro trimestre de 2020 com a maior receita para este período em sua história, R$ 1.270 milhões, crescimento de 11,6% em relação ao quarto trimestre de 2019.

O lucro bruto, de R$ 217 milhões, também foi significativamente maior do que no mesmo período de 2019, alcançando 24,6%. Já o lucro líquido atingiu R$ 86 milhões, crescimento de 19% na comparação com o ano anterior.

Para a empresa, estes números reafirmaram a trajetória de recuperação iniciada no terceiro trimestre de 2020, quando a Tupy também alcançou o maior lucro operacional e líquido de sua história.

As receitas somaram R$ 1.250,3 milhões, crescimento de 93,9% diante do segundo trimestre, enquanto o lucro líquido atingiu R$ 128,0 milhões, crescimento de nada menos do que 92,6% diante do mesmo período de 2019.

Os negócios da Tupy sofreram toda a força do impacto provocado pela pandemia no segundo trimestre do ano passado. 

As receitas registraram queda de 54,1% em relação ao mesmo período de 2019, sendo que nos meses de abril e maio esta queda alcançou 64% diante de igual período do ano anterior.

“Contamos para a nossa recuperação com uma sólida estrutura de governança e ferramentas de gestão de risco. Isso nos possibilitou um enfrentamento adequado da pandemia, protegendo as pessoas e a empresa”, destaca Fernando Cestari de Rizzo, CEO da Tupy.

O executivo acrescenta que outros fatores que contribuíram para a recuperação foram a escolha pela atuação em nichos da economia mais dinâmicos, a flexibilização da produção, a eficiência operacional e o controle dos custos.

AUMENTO DO CAPITAL 

A Tupy encontra-se agora em uma situação financeira bastante confortável, podendo dar-se ao luxo, inclusive, de expandir seu capital. No último dia 4, emitiu no mercado internacional títulos no valor de US$ 375 milhões, com vencimento em 2031, por meio de sua subsidiária Tupy Overseas S.A.

Os títulos são destinados ao mercado internacional e serão ofertados a investidores institucionais qualificados. A remuneração será de 4,5% ao ano, com pagamentos semestrais. 

Os recursos serão utilizados, principalmente, para o pagamento antecipado de dívida com vencimento em 2024 (corporate bond), que possui taxa de 6,625%.

Fonte Usinagem Brasil 

Tags
Tupy mercado receita receitas
Compartilhe

Revista Ferramental

Fique por dentro das noticias e novidades tecnológicas do mundo da ferramentaria.