Toyota antecipa início do terceiro turno em Sorocaba

Duas semanas após anunciar nova paralisação de sua fábrica de Indaiatuba (SP), de 13 a 22 de outubro, devido à falta de peças, a Toyota do Brasil divulgou na semana passada que antecipará em mais de um mês a entrada em operação do terceiro turno em Sorocaba (SP), sua principal unidade fabril no Brasil.

Com isso, a unidade - que produz os modelos Yaris, Etios (para exportação) e Corolla Cross - vai começar a operar 24 horas por dia a partir de 29 de novembro de 2021.

 “A antecipação reforça o comprometimento da Toyota com o Brasil e demonstra sua capacidade de contornar o momento difícil que o setor automotivo global enfrenta, principalmente devido à falta de insumos por conta da pandemia de Covid-19”, informa a empresa em nota divulgada à imprensa.

A montadora frisa ainda que fez uma revisão do projeto, alterando o volume de produção anual anteriormente previsto, que agora passará das atuais 122 mil unidades para 158 mil/ano.

Esse incremento de 30%, de acordo com a montadora, contribuirá para atender a maior oferta de produtos da empresa no Brasil e na América Latina, principalmente impulsionada pelo desempenho do Corolla Cross, o primeiro SUV da marca produzido no País e comercializado em 22 países da região.

Além disso, a revisão do projeto demonstrou a necessidade de abrir outras 100 vagas de empregos na unidade, totalizando 550 o número de novos colaboradores que já estão em processo de contratação para preencher as necessidades do terceiro turno na planta.

“Desde quando reunimos as condições para realizar o terceiro turno em Sorocaba, era nossa intenção começar o quanto antes e fico feliz de fazer esse anúncio nesse momento, ajudando o Brasil a ofertar mais empregos”, disse Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.

Semicondutores

A exemplo de outras montadoras no Brasil e no mundo, a Toyota tem buscado alternativas para produzir veículos, contornando a crise dos semicondutores. 

Segundo o site Automotive Business, a montadora passou a produzir, em 1º de setembro, o sedã Corolla com uma nova central multimídia, com tela maior, de 10 polegadas, sem alguns apps nem os botões físicos.

O acessório é fornecido por uma empresa nacional homologada como fornecedor há poucos meses e a instalação do componente é realizada na rede de concessionários. 

O cliente tem duas opções: manter o veículo sem o sistema e esperar pela volta da tela original ao mercado ou instalar, sem custo, a nova tela de 10 polegadas. 

“A Toyota informou que a medida não tem caráter definitivo e que durará até o reestabelecimento da tela anterior nos seus estoques”, informa o site, acrescentando que a do Corolla Cross segue inalterada.

Fonte Usinagem Brasil 



O melhor conteúdo do setor metal-mecânico no seu e-mail

Cadastre-se em nossa lista VIP para receber conteúdo, notícias e muito mais sobre o setor metal-mecânico.

Compartilhe