Setor siderúrgico vai investir US$ 8 bilhões no País

Marco Polo de Mello Lopes, presidente-executivo do Instituto Aço Brasil, destacou que o setor siderúrgico investirá mais de US$ 8 bilhões no País, entre 2021 e 2025.  

A informação foi dada durante o Congresso Aço Brasil, realizado na semana passada.

O executivo lembrou que o Brasil é o 9º maior produto mundial de aço, contando com um parque produtor formado por 31 usinas e capacidade instalada de 51 milhões de toneladas/ano de aço bruto. 

Entre 2008 e 2020, os investimentos do setor no país totalizaram US$ 28,2 bilhões.

Marcos Faraco, presidente do Conselho Diretor do Aço Brasil e Vice-Presidente da Gerdau, frisou que a indústria brasileira do aço conseguiu em 2021 retomar a produção ao patamar pré-pandemia, depois de ter operado em parte do ano passado com apenas 40% da sua capacidade.

Segundo ele, a expectativa para 2021 é de que o setor tenha um crescimento em torno de 14% na produção de aço bruto, em relação a 2020. Nas vendas internas, a projeção é de alta de 19% e de 24% no consumo aparente:

“Todas as nossas expectativas seguem muito positivas. Estamos iniciando um círculo virtuoso e longo. 

Consideramos como prioridade a recuperação da competitividade sistêmica do setor do aço brasileiro, e isso está diretamente ligado ao Custo Brasil”, disse. “É imprescindível a aprovação da reforma tributária, sendo ampla, diminuindo a cumulatividade de impostos”.

Fonte Usinagem Brasil 



O melhor conteúdo do setor metal-mecânico no seu e-mail

Cadastre-se em nossa lista VIP para receber conteúdo, notícias e muito mais sobre o setor metal-mecânico.

Compartilhe