Setor de manufatura aditiva deverá apresentar forte expansão pelos próximos anos

A receita do mercado global do setor de manufatura aditiva será de US$ 12 bilhões em 2020 e deverá atingir US$ 78 bilhões até 2028, com crescimento a taxas anuais compostas de 26% a 32% durante o período, segundo o relatório Global Additive Manufacturing Market and Technology Forecast to 2028″, oferecido pela ResearchAndMarket.

A região América do Norte domina o mercado global com um valor de mercado de US$ 24 bilhões devido ao crescente investimento em P&D neste setor, juntamente com uma infraestrutura que o suporta. A adoção antecipada da tecnologia de impressão 3D na América do Norte é outro fator que alimenta o crescimento do mercado. A Europa é o segundo maior segmento; isso se deve à crescente industrialização desse mercado aliada ao baixo custo de produção da manufatura aditiva. Espera-se que a região da Ásia Bacia do Pacífico (Apac) cresça com taxas compostas anuais mais altas, de 27% a 30%.

O uso de processos de manufatura inteligente para desenvolver produtos e o papel predominante da impressão 3D na Indústria 4.0 é uma das próximas aplicações dessa tecnologia. A indústria 4.0 é uma tendência crescente que deve mudar a dinâmica do mercado global e trazer uma mudança radical aos processos de fabricação. As empresas líderes estão usando a impressão 3D como ferramenta de tecnologia para criar designs complexos que são projetados de acordo com os requisitos do cliente, absorvendo assim uma revolução industrial inteligente. O teste de projetos teóricos antes da instalação de linhas de produção deve mudar o processo de desenvolvimento de produtos nos próximos anos.

O uso de processos de manufatura inteligente para desenvolver produtos e o papel predominante da impressão 3D na Indústria 4.0 é uma das próximas aplicações dessa tecnologia. A indústria 4.0 é uma tendência crescente que deve mudar a dinâmica do mercado global e trazer uma mudança radical aos processos de fabricação. As empresas líderes estão usando a impressão 3D como ferramenta de tecnologia para criar designs complexos que são projetados de acordo com os requisitos do cliente, absorvendo assim uma revolução industrial inteligente. O teste de projetos teóricos antes da instalação de linhas de produção deve mudar o processo de desenvolvimento de produtos nos próximos anos.

Fonte Ipesi 

Receba conteúdos exclusivos da Revista Ferramental em seu e-mail

Cadastre-se em nossa lista VIP para receber contéudo, notícias e
muito mais sobre o ramo metal-mecânico.

Compartilhe