Senai e BNDES selecionam projetos de IoT para indústria

Chamada tem R$ 10 milhões para financiar desenvolvimento de ambientes de teste de internet das coisas.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) selecionarão projetos-piloto sobre internet das coisas (IoT), com previsão de destinar até R$ 10 milhões. A Chamada Temática – Pilotos IoT para indústria, que chega a sua segunda etapa, visa incentivar testes de soluções tecnológicas em IoT para o setor industrial, com o apoio de recursos não reembolsáveis a realização de projetos de ambientes.

Na primeira etapa do programa, os Institutos SENAI de Inovação em Automação da Produção, na Bahia, e em Soluções em Metalmecânica, no Rio Grande do Sul, foram aprovados para participar da Chamada Temática – Pilotos IoT. 

No último dia 2, o SENAI do Rio Grande do Sul lançou edital para seleção de empresas. O objetivo da chamada é promover o desenvolvimento de tecnologias IoT em produtos e processos, por meio da realização de projetos cooperativos entre o Instituto SENAI de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica e a indústria nacional. Já o SENAI da Bahia está em campo fazendo a prospecção de projetos a serem selecionados para o programa.

Os valores a serem aportados pelo SENAI e BNDES serão de até R$ 10 milhões, que serão somados a contrapartida das empresas participantes.Na primeira etapa do programa, os Institutos SENAI de Inovação em Automação da Produção, na Bahia, e em Soluções em Metalmecânica, no Rio Grande do Sul, foram aprovados para participar da Chamada Temática – Pilotos IoT. 

No último dia 2, o SENAI do Rio Grande do Sul lançou edital para seleção de empresas. O objetivo da chamada é promover o desenvolvimento de tecnologias IoT em produtos e processos, por meio da realização de projetos cooperativos entre o Instituto SENAI de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica e a indústria nacional. Já o SENAI da Bahia está em campo fazendo a prospecção de projetos a serem selecionados para o programa.

Os valores a serem aportados pelo SENAI e BNDES serão de até R$ 10 milhões, que serão somados a contrapartida das empresas participantes.

Por que investir em internet das coisas

O estudo Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil, realizado pelo BNDES em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), aponta a tecnologia como estratégica para o país.

De acordo com o trabalho, até 2025, o impacto potencial no Brasil do uso de IoT é de US$ 50 bilhões a US$ 200 bilhões por ano. A avaliação é que a tecnologia é capaz de produzir mais efeitos positivos do que a robótica avançada, as tecnologias cloud e a internet móvel.

A internet das coisas é uma tecnologia que conecta objetos físicos e virtuais e os permite processar dados, tornando-os inteligentes. O uso de IoT nas empresas vem ganhando espaço no Brasil e no mundo devido à evolução progressiva de recursos tecnológicos já disponíveis, que estão se tornando mais acessíveis.

FONTE BNDES 

Tags
SENAIBNDESIoT internet das coisas
Compartilhe

Revista Ferramental

Fique por dentro das noticias e novidades tecnológicas do mundo da ferramentaria.