Rota 2030: Fundep irá aportar até R$ 15 milhões em projetos de PD&I para o setor ferramental

A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) lançou uma nova chamada pública de PD&I da Linha IV – Ferramentarias Brasileiras Mais Competitivas, do programa Rota 2030. 

Serão aportados até R$ 15 milhões em projetos de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), em parceria com empresas e startups de todo o Brasil. O prazo de submissão de pré-propostas vai de 3 a 31 de maio. A participação de fabricantes de ferramental para o setor automotivo em todos os projetos é imprescindível.

O objetivo da chamada é fomentar o intercâmbio científico e tecnológico entre grupos de pesquisa e a cadeia automotiva para o desenvolvimento de programas de capacitação técnica, científica e gerencial para elevar a produtividade e competitividade da cadeia nacional de ferramentaria ao patamar mundial. 

A pesquisadora do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), Ana Paola Villalva Braga, integrante da Coordenação Técnica da Linha IV, destaca que a chamada está dividia em dois eixos. “O Eixo I, de aperfeiçoamento e implementação, é voltado para projetos com TRL (método para estimar a maturidade tecnológica) mais alta, que começam em 6 a 7, de protótipo em ambiente relevante ou ambiente operacional, partindo para uma aplicação mais prática. São projetos voltados para resolver um problema, que possui um conhecimento cientifico mais robusto e preparado para um desafio da indústria”, explica.

“O Eixo II é um modelo que já estamos praticando, de desenvolvimento de demonstradores. São projetos que vão pegar um caso real, de uma peça em escala real, e reproduzir passo-a-passo da produção do ferramental, para observar pontualmente quais são os gargalos tecnológicos, de produção e administrativos. Identificar o que representa custo e o que representa prazo dentro de uma produção ferramental de ponta a ponta”, destaca Ana Paola.

O Eixo I terá um aporte financeiro da Fundep de até R$1,5 milhão por proposta e o Eixo II, de até R$ 3,5 milhões por projeto. Cada eixo da chamada possui linhas temáticas específicas. O prazo de execução é de 18 meses para os projetos dos dois eixos.

Na chamada anterior, foram aprovados nove projetos com a participação de 22 ICTs e 65 empresas da indústria automotiva (entre montadoras, sistemistas e ferramentarias), com um aporte financeiro da Fundep de R$ 29 milhões, com outros R$ 29 milhões em contrapartidas econômicas dos participantes.

Como participar

O prazo de submissão das pré-propostas vai de 3 a 31 de maio.  A chamada prevê a formação de consórcios para desenvolvimento dos projetos, com a participação de ICTs, montadoras, fundições de semiacabados para matriz de estampagem, fabricantes de ferramental para o setor automotivo e sistemistas. A Fundep auxilia na conexão entre parceiros para a submissão de propostas. 

Conheça mais sobre a chamada em rota2030.fundep.ufmg.br ou envie um e-mail para [email protected] 

Tags
PD&Irota 2030fundepaporteaportarprojetos
Compartilhe

Revista Ferramental

Fique por dentro das noticias e novidades tecnológicas do mundo da ferramentaria.