Mitutoyo anuncia fechamento de fábrica em Suzano

Unidade está em Suzano na Rodovia Índio-Tibiriçá, Vila Sol Nascente, e foi fundada na década de 1970

A Mitutoyo, tradicional empresa de instrumentos de medição, anunciou, por meio de comunicado, o encerramento de sua fábrica no Brasil a partir de outubro. A unidade está em Suzano na Rodovia Índio-Tibiriçá, Vila Sol Nascente, e foi fundada na década de 1970.

Em nota, divulgada no site da empresa na tarde desta terça-feira (2), a empresa afirmou que se trata de uma "reestruturação" e que não deixará "de modo algum" que as atividades sejam encerradas no Brasil. A empresa descartou a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) como o motivo da escolha por fechar a fábrica em Suzano.

"Nossa decisão é no sentido de focar e desenvolver com mais dedicação as atividades comerciais e de prestação de serviços, que já realizamos no Brasil", diz a nota.

A empresa garantiu ainda que haverá um fortalecimento do suporte técnico aos produtos e à capacidade de Engenharia de Soluções.

A Mitutoyo também não descartou que novas contratações sejam feitas no futuro. "Se num primeiro momento, infelizmente sejamos obrigados a reduzir nosso quadro de colaboradores, acreditamos que, com o incremento da atividade comercial e de prestação de serviços, poderemos futuramente viabilizar direta e indiretamente a contratação de novos colaboradores", informou.  

História

A empresa iniciou suas atividades no Brasil produzindo instrumentos de medição como paquímetros mecânicos e digitais até máquinas de medir por coordenadas em 1° de maio de 1974. A fábrica, a primeira fora do território japonês, sediada em Suzano, possui 16.000m² de construção em um terreno de 120.000m².

Criada como Mitutoyo Importação e Exportação de Instrumentos de Precisão Ltda a razão social da empresa mudou para Mitutoyo do Brasil Indústria e Comércio Ltda permanecendo até abril de 1998 quando passou para nova denominação, Mitutoyo Sul Americana Ltda, assumindo a responsabilidade pelo atendimento do mercado em toda América do Sul.

A Mitutoyo desenvolve e fabrica instrumentos e equipamentos de medição de alta tecnologia e exatidão, possuindo mais de 5.000 produtos, segmentados em 8 famílias específicas: Instrumentos Manuais e Gerenciamento de Dados, Sensores Eletrônicos, Escalas Lineares, Equipamentos Ópticos, Equipamentos de Medição por Processamento de Imagens, Medição de Forma, Ensaio de Dureza e Máquinas de Medição por Coordenadas e softwares de medição 3D.

Veja o comunicado da empresa, assinado pelo presidente Ken Sasaki:

"As atividades empresariais precisam ser dinâmicas e passar por frequentes reestruturações, para viabilizar a continuidade das empresas e permitir que estas colaborem com o crescimento econômico do País.

Portanto, a descontinuidade de nossas atividades produtivas não significa, de modo algum, que encerraremos nossas atividades no Brasil. Ao contrário, estamos realizando a reestruturação de nossas atividades exatamente para manter a viabilidade da Mitutoyo Brasil.


Nossa decisão é no sentido de focar e desenvolver com mais dedicação as atividades comerciais e de prestação de serviços, que já realizamos no Brasil.


As equipes de Vendas e Serviços da Mitutoyo Brasil continuarão as operações no mesmo local, em Suzano/SP, cuja unidade empresarial é uma das mais importantes do Grupo Mitutoyo e jamais pensamos em encerrá-la. Como resultado dessas ações, fortaleceremos o suporte técnico aos produtos e nossa capacidade de Engenharia de Soluções.


Assim, se num primeiro momento, infelizmente sejamos obrigados a reduzir nosso quadro de colaboradores, acreditamos que, com o incremento da atividade comercial e de prestação de serviços, poderemos futuramente viabilizar direta e indiretamente a contratação de novos colaboradores.


É certo que o Covid-19 afetou significativamente as atividades econômicas do mundo todo, e o Brasil evidentemente não passou ileso. Entretanto, não é esta a causa direta de nossa decisão de reestruturar nossas atividades empresariais, mas sim a necessidade de adequação à nova realidade do mercado.


Assim, esperamos continuar contando com a costumeira colaboração de todos para alcançarmos o sucesso nesta nova etapa de atuação no Brasil.


Obrigado a todos.

 

Tags
Mitutoyoencerramento Covid-19mercado demissões
Compartilhe

Revista Ferramental

Fique por dentro das noticias e novidades tecnológicas do mundo da ferramentaria.