Fundep lança nova chamada de P&D dentro do Rota 2030

Uma das entidades coordenadoras do programa Rota 2030, a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), ligada à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), lançou oficialmente na última segunda-feira, 9, a Linha V do programa, que englobará biocombustíveis, segurança veicular e propulsão alternativa à combustão.

O lançamento aconteceu no auditório da UFMG, em Belo Horizonte, na presença de representantes do governo, executivos do setor e pesquisadores, que no final do encontro promoveram um debate sobre o futuro da mobilidade no Brasil.

O objetivo da Linha V é potencializar a produtividade e a competitividade da cadeia automotiva nacional pelos eixos de bioenergia eficiente, condução segura e sistemas de propulsão alternativos.

Serão investidos R$ 21 milhões em projetos de pesquisa e desenvolvimento, que poderão ser apresentados somente por institutos de ciência e tecnologia emparceiradas com empresas e startups do setor automotivo.

Os recursos virão dos depósitos feitos por empresas do segmento, que se beneficiam com a isenção de impostos e outros incentivos.

“É importante lembrar que um dos diferenciais desse financiamento é a agilidade no aporte dos recursos, uma vez que o dinheiro destinado aos projetos já foi captado por meio do programa Rota 2030”, afirma o diretor da Fundep, Martín Ravetti.

As propostas devem ser apresentadas pelos interessados até o próximo dia 6 de abril, através do site da Fundep: http://www.fundep.ufmg.br/programa-rota-2030-chamadas-publicas-da-linha-v/.  

A expectativa é que sejam selecionados 12 projetos para execução a partir de julho. Para a seleção dos projetos, foi formado um comitê técnico composto por professores de universidades parceiras e representantes de associações representativas do setor. A previsão é que sejam lançadas, ainda em 2020, mais três chamadas da Linha V.

Além desta linha, a Fundep coordena ainda a Linha IV do programa – Ferramentarias Brasileiras Mais Competitivas. Cada uma das linhas coordenadas pela Fundep vai investir pelo menos R$ 40 milhões por ano em projetos de P&D. Assim, durante cinco anos, serão R$ 400 milhões destinados a fortalecer o setor automotivo.

Fonte Usinagem Brasil 



O melhor conteúdo do setor metal-mecânico no seu e-mail

Cadastre-se em nossa lista VIP para receber conteúdo, notícias e muito mais sobre o setor metal-mecânico.

Compartilhe