Empresa internacional procura engenheiro brasileiro para trabalhar na F-1

Se você é engenheiro, fã de velocidade e sempre sonhou em trabalhar em uma escuderia da Fórmula 1, aí vai uma boa dica. A Petronas, produtora de petróleo da Malásia e que presta serviço para a Mercedes desde 2010, está à procura de engenheiros em todo o mundo para reforçar a equipe. E os brasileiros, claro, também podem participar da seleção.

A "Vaga dos Sonhos", como foi denominada pela empresa internacional, é para Trackside Fluid Engineer. O profissional selecionado fornecerá suporte técnico dentro do box e acompanhará o time por, pelo menos, duas temporadas. 

"É uma oportunidade rara e emocionante ser parte da equipe que trabalha na linha final do desenvolvimento de tecnologia de fluidos para as mais rápidas e mais poderosas unidades de tração do mundo. Estamos ansiosos para ver a vaga do novo engenheiro Petronas Trackside Fluid ocupada por um brasileiro", diz Guilherme de Paula, CEO Américas da Petronas Lubricants International.

  • Confira os critérios para se candidatar:
 Graduação em Engenharia Mecânica, Química ou Automotiva, Física ou experiência comprovada relacionada;

 Pelo menos 2 anos de experiência de trabalho em uma área relacionada;

  •  Conhecimento geral de técnicas e instrumentos de química analítica;

  •  Conhecimento geral de tecnologias de lubrificantes (motor e caixa de direção) e combustíveis;

  •  Fluente em Inglês.

Quem se enquadra nos critérios acima deve encaminhar o currículo para o e-mail [email protected] até 7 de outubro. Outra opção é visitar a página da empresa no LinkedIn da Petronas Lubricants International. O salário não foi divulgado pela empresa, que informou que o Brasil já ocupa o segundo lugar em número de inscrições, atrás apenas da Malásia e à frente da Itália.

Sobre a empresa

Fundada em 2008, Petronas Lubricants International (PLI) fabrica e comercializa produtos lubrificantes automotivos e industriais para mais de 80 mercados globalmente. 

Com sede em Kuala Lumpur, a PLI tem mais de 30 escritórios em 27 países, gerenciados por escritórios regionais em Belo Horizonte, Kuala Lumpur, Beijing, Turim, Chicago e Durban.

Tags
Fórmula 1PetronasEngenheiro Petrobras
Compartilhe

Revista Ferramental

Fique por dentro das noticias e novidades tecnológicas do mundo da ferramentaria.