Decisão da Ford é alerta para a redução urgente do Custo Brasil

Diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, afirma que o País precisa aprovar rapidamente a reforma tributária e mostrar compromisso com o equilíbrio fiscal

Confederação Nacional da Indústria (CNI) avalia que a decisão da Ford é um sinal de alerta para os governos federal, de estados e municípios, além do Congresso Nacional, sobre a necessidade se aprovar, com urgência, medidas para a redução do Custo Brasil. Entre elas, a reforma tributária se apresenta como a prioritária para a redução do principal entrave à competitividade do setor industrial brasileiro. 

De acordo com o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, o fechamento das fábricas é uma péssima notícia, em um momento de recuperação econômica, tanto pelos empregos que se perdem quanto por todo o impacto na cadeia produtiva do setor automobilístico, uma das mais complexas da indústria brasileira.

“Entendemos que a decisão está alinhada a uma estratégia de negócios da montadora. Mas, o ambiente de negócios é um dos fatores que pesam no momento de decisão sobre onde permanecer e onde fechar. O Brasil tem que lutar para melhorar sua competitividade, pois, além das fábricas, há toda uma cadeia automotiva inclui redes de concessionárias, fornecedores de partes e peças e diversos outros serviços. Essa decisão reforça a urgência de se avançar na agenda de competitividade e redução do Custo Brasil”, diz Abijaodi. 

Fonte Confederação Nacional da Indústria (CNI)

Tags
Confederação Nacional da Indústria CNI Ford reforma tributária redução de custos
Compartilhe

Revista Ferramental

Fique por dentro das noticias e novidades tecnológicas do mundo da ferramentaria.