O Orçamento Empresarial como ferramenta de gestão

O processo de construção de um Orçamento não precisa ser longo, assim como o acompanhamento dos números não tem que ser complexo.

É bem provável que você já tenha ouvido a frase: “O que não pode ser medido não pode ser gerenciado”, dos autores da metodologia Balanced Scorecard (BSC), Robert Kaplan e David Norton. Numa indústria essa frase torna-se ainda mais verdadeira, com toda estrutura gerencial, áreas de produção e processos.

Mas quando chega no Financeiro e na Controladoria, essa verdade não precisa seguir a complexidade do restante da organização. Pelo contrário, quanto mais claro e alinhado com o Planejamento Estratégico da empresa, mais fácil será o processo.

Mas, por que fazer Orçamento? Diferente do que muitos pensam, não é apenas para estabelecer controles. Essa é uma das muitas funções e benefícios de adotar uma Cultura Orçamentária. O Orçamento Empresarial é o ato de planejar e estimar os ganhos, despesas e investimentos que a empresa terá em um período futuro.

Um Orçamento Empresarial bem feito, com a metodologia correta e a colaboração de todos os envolvidos pode se tornar uma ferramenta de gestão preciosíssima. Identificar os gargalos na operação ou até oportunidades são alguns dos ganhos que essa ferramenta pode proporcionar.

De acordo com a Budget Trends 2017-2018, uma pesquisa para avaliar a Gestão Orçamentária das empresas brasileiras, 74,1% das organizações fazem Planejamento Orçamentário. Entretanto, quando vai avançando no processo, os números só caem: 58,5% fazem Acompanhamento Orçamentário e apenas 43,1% fazem Revisões Orçamentárias. Um fator decisivo é o uso de planilhas nesse processo de Controle Orçamentário, que é de 63,1%.

Isso acontece porque muitas empresas utilizam programas para acompanhar o operacional, como contas a pagar e a receber. O que já é um grande avanço na Gestão Empresarial. Mas quando se fala em previsibilidade financeira e possíveis cenários, como otimista e pessimista, por exemplo, são poucas as organizações que conseguem fazer. Por vários motivos, como falta de conhecimento, de pessoas responsáveis e até de ferramentas adequadas.

O desafio, primeiro, está em montar uma boa equipe de Controladoria, com competências múltiplas e muito conhecimento tanto técnico como de gestão. Na sequência, o apoio da diretoria para essa equipe é fundamental, especialmente, porque em geral é o corpo diretivo que define as premissas Orçamentárias. Além disso, fica mais fácil engajar o restante da empresa.

Nesse processo, também é fundamental o envolvimento dos gestores, especialmente aqueles que lidam com os Orçamentos dos muitos departamentos. Se eles são os responsáveis pelos gastos, ninguém melhor do que os próprios gestores para definirem os planos, junto com a Controladoria.

Por fim, a metodologia utilizada será decisiva para o sucesso do processo. Pensando em como auxiliar as empresas, a Treasy desenvolveu uma Metodologia de Planejamento e Acompanhamento. Único no mercado, o método auxilia as organizações a definirem o principal objetivo, aquele que realmente importa para o negócio, e a traçar o melhor caminho para alcançá-lo. Mais, dá ferramentas adequadas para realizar o planejamento e acompanhamento de forma eficiente.

Além de especialistas que auxiliam em todo o processo de implantação da Metodologia, a Treasy possui um software que garante agilidade e segurança do processo. As planilhas foram por muito tempo uma boa opção, mas com a complexidade dos negócios e necessidade de informações confiáveis cada vez mais rápidas, elas ficaram ultrapassadas. O empresário ou gestor não tem mais tempo para dedicar horas apenas ao operacional, por isso um software dá foco no estratégico.

O sistema está totalmente integrado aos principais programas disponíveis no mercado, como ContaAzul, Nibo, SAP e Superlógica, por exemplo. Estas soluções costumam ser mais focadas nos processos de contas a pagar e receber, emissão de NF, etc. O Treasy utiliza as informações desses sistemas para planejar o Orçamento e acompanhar o que foi planejado.

Por meio do Treasy é possível criar Projeções de Cenários, fazer Revisões do Orçamento, gerar Relatórios e Análises Gerenciais e Gráficos e Indicadores de Desempenho.

O programa on-line permite o Acompanhamento dos números de forma rápida, o que dá agilidade às tomadas de decisões, já que é possível identificar possíveis desvios ou oportunidades facilmente.



O melhor conteúdo do setor metal-mecânico no seu e-mail

Cadastre-se em nossa lista VIP para receber conteúdo, notícias e muito mais sobre o setor metal-mecânico.

Compartilhe