Gestão em tempos de crise: como se organizar em períodos críticos

Diante de crises globais, que afetaram a produção, a demanda e a economia como um todo, como se preparar? Confira as dicas!

Declarada pandemia em 11/3, a COVID-19 (coronavírus) traz consequências globais para a produtividade e a economia. O setor industrial é um dos mais diretamente afetados, com fábricas precisando reduzir a produção e investimentos sendo adiados. Porém, mesmo diante de momentos críticos como essa crise, uma gestão eficiente pode fazer toda a diferença na hora de manter sua empresa funcionando.

O Sebrae preparou umsiteespecial com dicas para garantir sua gestão da melhor forma possível durante esse período. Confira algumas delas a seguir:

Investir, poupar, gerir – como encontrar o equilíbrio?

De acordo com os profissionais do Sebrae, um bom entendimento dos números e ciclos do seu negócio ajudará nisso. “Optar por investir em produtos ou serviços que tenham um ciclo de vendas mais longo pode comprometer as reservas de caixa necessárias. Às vezes, não há uma ótima opção aqui, mas tente equilibrar suas necessidades imediatas sem prejudicar completamente os planos de longoprazo. Você terá que avaliar o risco de gastar e não gastar e como isso afeta os negócios.

Bancos e linhas de crédito

Para o Sebrae, é recomendado conversar com seu banco antes de enfrentar grandes problemas de caixa. “Geralmente, é mais fácil solicitar linhas de crédito antes de estar desesperado por elas. Lembre-se de que seu banco deve ser tratado como um parceiro, afinal, seu sucesso é o sucesso deles. Se está tendo problemas para cumprir com as obrigações de dívidas existentes, não espere para obter orientação. Eles podem estar dispostos a negociar acomodações de curto prazo para aliviar sua carga de caixa.”

Gerenciamento de inventário: novas possibilidade

“É muito comum as empresas terem dinheiro envolvido em inventário improdutivo. Uma boa compreensão do seu inventário muda com o tempo, e a idade dele o ajudará a encontrar os itens que precisam ser liquidados e transformados em dinheiro. Se pretende fazer descontos para aumentar as vendas, esse é o lugar certo. Coloque o inventário antigo para funcionar e transforme-o em dinheiro.”

Confira outras dicas e cases de empresas nosite do Sebrae.


Fonte Sebrae



O melhor conteúdo do setor metal-mecânico no seu e-mail

Cadastre-se em nossa lista VIP para receber conteúdo, notícias e muito mais sobre o setor metal-mecânico.

Compartilhe