Aplicação de drones na indústria e mercado

As aplicações e usos de drones no Brasil e no mundo vem se popularizando e ganhando destaque cada dia mais. 

São várias as possibilidades de utilização desses equipamentos desde lazer e entretenimento até para fins profissionais, como em fábricas ou na agricultura.

Por promoverem tanta versatilidade, os drones atraem os olhares do mercado para novas e diversas aplicações, e isso se deve ao avanço da tecnologia, que permite incorporar câmeras de alta resolução, baterias mais duradouras, sensores e outros componentes que, aliados a seu tamanho e alcance, ampliam as possibilidades de uso.

No âmbito do lazer, uma demonstração clara que tivemos foi a abertura das Olimpíadas de Tóquio, que teve como um dos destaques desenhos gerados por drones no céu, que formaram imagens em movimento através de luzes em uma apresentação sincronizada. Foram utilizados 1.824 desses aparelhos durante o show.

Outra aplicação que já está sendo testada por startups brasileiras é a realização de entregas de encomendas.

Atualmente, como experimento, as entregas são apenas de produtos de peso leve e em distâncias curtas e por conta do seu tamanho e da facilidade de pilotagem. 

Essa aplicação colaborará com as predições de estudiosos, que afirmam que os drones serão capazes de ajudar na resolução da superlotação urbana, levando serviços e produtos para áreas rurais e ampliando perspectivas sobre transporte pessoal.

O monitoramento geográfico é outra forma de utilização do drones para contribuir para a identificação de focos de desmatamento, fiscalização de áreas naturais, prevenção de incêndios e, principalmente, a realização de inventários florestais, trabalho que consiste em coletar dados sobre as espécies vegetais existentes em determinado território.

Na indústria eles podem ser utilizados para coletar dados e automatizar processos com máxima eficiência. 

Também podem colaborar na logística e gestão do estoque, escaneando itens do armazém em muito menos tempo, utilizando menos recursos e garantindo a segurança tanto do patrimônio quanto dos funcionários.

A inspeção de operações e o maquinário da fábrica também são impactados. A inclusão dessa atividade no ecossistema da fábrica resulta na redução de riscos associados à presença de inspetores, pois o drone é capaz de realizar tarefas arriscadas para os seres humanos, como por exemplo, investigar algo em um local de difícil acesso ou com uma altura muito elevada.

Além da inspeção, os drones podem ser utilizados para a manutenção preventiva e preditiva dos equipamentos e do andamento da fábrica de forma geral. 

O equipamento viabiliza que essas manutenções sejam feitas sem necessidade presencial, permitindo que um colaborador possa tomar controle do drone em um ambiente seguro.

O agronegócio é uma das áreas em que o drone vem provando o seu potencial para otimizar os resultados e contribuir para a chamada agricultura de precisão. 

A sua utilização no campo pode ter como finalidade identificar anormalidades na plantação, aprimorar o manejo de pastagem e até mesmo a aplicação de pesticida.

Discussões inovadoras e tendências atuais do mundo da engenheira, como a abordada neste artigo, são comumente discutidas na VDI-Brasil, Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha, reconhecida como a maior associação técnico cientifica da Europa.

Entre em contato e saiba mais: [email protected].



Tags
dronesindústria tecnologia VDI-Brasil
Compartilhe

Júlia de Andrade Bertazzi

Júlia de Andrade Bertazzi