Aplicação da ferramenta 5S à usinagem CNC e demais setores industriais

Você já ouviu falar no programa 5S? Provavelmente sim, mesmo que de uma forma superficial. É possível implantá-lo na indústria CNC? Quais são os seus ganhos? 

Se você se interessou pelo tema e quer saber mais detalhes, então permaneça comigo nesta leitura até o final!

Conceito e origem

Trata-se de uma ferramenta de Gestão, que visa à melhoria contínua dentro de uma empresa ou indústria. 

Essa ferramenta metodológica se originou no Japão, após a 2ª guerra mundial, como forma de reconstruir o país e os resultados foram surpreendentes e desde então vem sendo utilizada por diversas empresas tais como Coca-cola, FEMSA Brasil, Volkswagen, Toyota, Univale, dentre outras.  

A ferramenta pode ser aplicada em empresas de diversos setores, seja ela de pequeno ao grande porte e se fundamenta nos 5 sensos conhecidos como 5S, pois em Japonês todos começam com a letra S: 

Seiri (utilização), Seiton (organização), Seiso (limpeza), Seiketsu (padronização) e Shitsuke (autodisciplina). 

As melhorias contínuas dentro do processo se baseiam na organização e redução do desperdício dentro das empresas. 

O 5S aplicado ao CNC e indústria em geral

Como você pode perceber até o momento, a ferramenta é versátil, e, portanto, é perfeitamente aplicável ao CNC e até mesmo vida cotidiana. 

Hoje a utilização dessa ferramenta passou a ser uma necessidade básica tanto de organização do espaço físico, como de redução de tempo, o que consequentemente melhora a produtividade e qualidade dos processos. 

Para que você saiba aplicar na rotina da sua empresa e também na sua vida, vamos exemplificar cada um dos S.

Senso de Utilização: Seiri

O  senso de utilização se baseia no princípio de utilidade, cujo objetivo é retirar do ambiente tudo que é desnecessário. 

Ao pensar no que é desnecessário em seu ambiente de trabalho, pense em quais são as ferramentas ou máquinas, que não estão sendo utilizadas mais. 

Além disso, avalie quais delas estão dificultando a passagem ou ocupando um espaço que poderia ser utilizado para outra finalidade. 

Para facilitar ainda mais, a logística no seu ambiente de trabalho analise algumas perguntas, que irão te ajudar:

• Com que frequência às máquinas/ferramentas e produtos são utilizados?

• Quando foram utilizados pela última vez?

• As ferramentas precisam estar onde estão ou eles podem ser aproveitadas melhor em outro espaço, ou setor?

• Está havendo algum desperdício?

Senso de Organização: Seiton

O senso de organização caminha com o senso de utilização citado anteriormente. 

Esse senso de organização tem como objetivo estabelecer o local adequado que cada ferramenta deve estar, ou seja, relaciona-se ao senso de utilização. 

O mesmo pode ser aplicado inclusive na organização dos seus arquivos e projetos digitais do CNC. 

Alguns pontos importantes a serem considerados:

• Cada ferramenta de trabalho utilizada com muita frequência deve ficar no local mais visível e de fácil acesso possível. Ao passo que as que são utilizadas raramente podem ficar em outro local menos visível.

• Todas as ferramentas/equipamentos utilizados em um processo ou projeto devem ser identificadas, sinalizadas, nomeadas e classificadas, de maneira a auxiliar e guiar os outros usuários da equipe, de modo que os mesmos possam encontrar essas ferramentas de forma rápida. 

Quanto mais organizado estiver o ambiente, mais facilmente os itens serão encontrados, o que consequentemente economizará tempo e aumentará a produtividade. 

Senso de Limpeza: Seisou

O senso de limpeza tem como objetivo deixar o ambiente de trabalho mais limpo e aconchegante possível, além de evitar desperdícios e uso excessivo de matéria-prima, bem como seguir, com margem de segurança, as especificações de máquinas de trabalho. 

Um ambiente de trabalho baseado no Seisou, além da limpeza, traz também mais equilíbrio e otimização ao trabalho em equipe. 

Adicionalmente, manter no ambiente somente o que é necessário facilita a rotina de limpeza no dia-a-dia. 

Algumas perguntas podem facilitar muito o processo:

• Os membros da equipe se preocupam com a limpeza do ambiente de trabalho?

• As ferramentas, equipamentos, paredes, portas, chão e teto estão limpos?

• Existe coleta seletiva?

Senso de Padronização: Seiketsu

O senso de padronização  objetiva encontrar e implementar possíveis sistematizações ou padronizações, de maneira que não haja muita variação no resultado entre os diferentes operadores da equipe. Como isso é possível? 

Se os processos estiverem bem definidos e se os equipamentos trabalharem nas especificações recomendadas pelo fabricante é possível sim. 

Além disso, é importante que a empresa possua uma  periodicidade para de limpeza, reparo e manutenção de suas máquinas. Uma rotina bem organizada e programada beneficia a todos e aumenta a produtividade. 

É interessante destacar que o Seiketsu considera não somente o espaço físico, como também a saúde dos funcionários e sua apresentação pessoal, que inclui a utilização de uniformes e equipamentos de segurança. 

Os mesmos precisam passar por um check up periódico. Algumas perguntas merecem destaque: 

• Os processos estão bem padronizados e definidos?  

• Um novo funcionário conseguiria aprender cada procedimento com  facilidade?

• Funcionários diferentes executam as mesmas tarefas de maneiras distintas?

• Existe periodicidade para limpeza e manutenção dos equipamentos?

• A empresa se preocupa com a saúde do trabalhador, os incentiva a fazer check up e oferece treinamento a equipe? 

Senso de Autodisciplina: Shitsuke

O senso de autodisciplina  tem como finalidade manter e gerenciar tudo o que foi aprendido anteriormente. 

Ele vem para exigir e acompanhar o cumprimento das regras, além de avaliar o quanto a equipe está comprometida com a implantação do 5S. 

Para que a implantação da ferramenta seja eficaz tem que haver um comprometimento da equipe, além de uma cultura organizacional entre os diretores e coordenadores, visto que eles devem ser exemplo dos hábitos da cultura da empresa. 

Vale destacar aqui também algumas perguntas-chave:

* Os funcionários são constantemente motivados pelos coordenadores  a seguir a metodologia 5S?

* A cultura interna da empresa reforça que a ferramenta seja implantada?

* Existem reuniões periódicas com a equipe para discutir as metas e objetivos da ferramenta?  

Por que devo implantar a ferramenta na minha empresa de CNC?

A resposta parece ser óbvia, mas quero deixá-la ainda mais direta. 

A ferramenta 5S é um sistema de gerenciamento (Lean Manufacturing)  que busca aumentar a eficiência e a produtividade reduzindo erros e redundâncias na produção industrial.

Isso consequentemente ocorre, pois, um ambiente de trabalho limpo e organizado, culmina com uma cultura focada em resultados e otimização de processos. 

Nessa cultura organizacional todos ganham tanto o funcionário que tem condições de desenvolver suas tarefas com excelência, quanto à empresa que também pode atender aos seus colaboradores  e clientes com a mesma excelência e comprometimento. 

Vale destacar que ela pode e deve ser implantada em qualquer seguimento ou empresa. No contexto da indústria CNC não pode ser diferente, visto que implantar a 5S é uma necessidade e não apenas um diferencial. 

Para muitos ainda é um desafio, pois, algumas empresas ainda não possuem um programa de qualidade implantado. 

Mudar a cultura organizacional em todos os níveis hierárquicos é um desafio que deve ser enfrentado, com persistência e dedicação.  

Considerações finais 

A metodologia 5S é mais que uma ferramenta de gerenciamento, na realidade é uma filosofia, que vai muito além de um ambiente organizado. 

Pensar na sua aplicação no ambiente de trabalho garante qualidade aos processos e melhora a produtividade. 

No entanto, é indispensável para sua eficácia organizacional que haja líderes engajados em disseminar esta cultura na empresa, motivando a equipe a trabalhar na sua manutenção. 

É importante destacar que essa metodologia pode ser aplicada em qualquer empresa ou indústria, não somente relacionada ao CNC, como também na rotina diária até mesmo da vida pessoal. 

Empresa PAPO CNC

By Moises Henriques Braga Pereira 

Especialista em CNC, Professor e CEO da Empresa desde 2012.

(31) 99477-8520| Instagram: @papocnc


Tags
usinagem CNC5Susinagem
Compartilhe

Moisés Henriques

17 anos trabalhando com CNC. Desde 2012 atua com consultoria e treinamentos CNC. Fundador e CEO da empresa Papo CNC, já ministrou treinamentos em grandes empresas do país como USIMINAS,SCANIA, CEFET, SENAI... Já formou milhares alunos que estão atuantes no mercado de trabalho. Atualmente está mentorando 09 alunos para serem excelentes profissionais, conforme necessidade atual do mercado. (31)99477-8520| Instagram: @papocnc