#AmoràPátria!

No editorial da primeira edição de 2018 prometemos “meter o saca rolha” em alusão a uma postura mais proativa na busca de oportunidades, sem desperdiçá-las por conservadorismo ou receio de um cenário econômico desfavorável.

Em um rápido balanço na linha do tempo da Ferramental verificamos um crescimento consistente, mesmo em meio as turbulências do ano findo, onde vivenciamos importantes fatos políticos, econômicos, sociais e esportivos.

O sentimento de amor à pátria Brasil nos fez sonhar, planejar e acreditar, investindo pesadamente na revista impressa, na área digital das mídias sociais e em novos negócios.

Redesenhamos o visual da revista impressa, tornando-a mais “divertida” e “gostosa” de ler. Entramos com nova página eletrônica, ferramenta que caminha para ser um dos mais fortes e importantes portais de formação e informação para a cadeia de fabricantes de ferramentais no País. 

Alguns números nos deixam orgulhosos do sucesso alcançado: 5 mil acessos mensais ao site, 58 mil seguidores na página do Facebook, 4 mil exemplares impressos e cerca de 20 mil leitores a cada bimestre, publicações com mais de 1 milhão de visualizações, são números consideráveis para uma publicação especializada e focada em um setor altamente técnico. Passamos ainda a produzir livros tirando proveito da experiência adquirida em 14 anos de existência da editora.

Estas conquistas nos tornaram ainda mais fortes, mais confiantes e mais otimistas. Entretanto, há sempre um “algo a mais” a fazer, há sempre um “algo a menos” que não realizamos.

Ainda as vitórias da indústria nacional da ferramentaria, através das ações da ABINFER– Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais e entidades coirmãs, trazem um “sopro” de esperança para a definitiva retomada dos negócios deste importante setor. 

Em 8 de novembro, foi aprovado definitivamente o Programa Rota 2030 Mobilidade e Logística, por meio do Decreto 9.557/2018 que regulamenta a Medida Provisória MP 843/2018. O Programa objetiva apoiar o desenvolvimento tecnológico, a competitividade, a inovação, a segurança veicular, a proteção ao meio ambiente, a eficiência energética e a qualidade de veículos automotores e autopeças. 

O Rota 2030 é o novo programa de incentivo tributário às montadoras, previsto para quinze anos, que em contrapartida terão de investir em pesquisa e desenvolvimento de produtos e tecnologias.

E, no mesmo dia, publicado o Decreto Nº 63.785, do Estado de São Paulo, instituindo o Pró-Ferramentaria, que prevê a devolução de parte dos créditos retidos do ICMS para as indústrias automotivas que comprarem das ferramentarias instaladas no Estado de São Paulo. 

A previsão de utilização do recurso deve injetar, após sua regulamentação, mais de 5 bilhões de reais às montadoras paulistas que aderirem ao Programa. É a esperança de um Brasil melhor, alavancada ainda pelo crescimento significativo do índice de confiança dos empresários.

Portanto, estamos sempre confiantes de que este é, sim, o País que nos pertence e merece nosso carinho e atenção. Nós, da Ferramental, seguimos em frente acreditando e trabalhando pelo Brasil. Convidamos você a aderir a essa paixão nesse promissor ano de 2019.

Adotamos o #AmoràPátria!

Tags
ABINFERBrasil economia setor metal-mecânico Rota 2030
Compartilhe

Christian Dihlmann

Engenheiro Mecânico e Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Especialista em Administração de Empresas pela Fundação Educacional da Região de Joinville - FURJ/UNIVILLE e Inventor. Aperfeiçoamento na área de fabricação de moldes e análise reológica em Portugal e Alemanha. Tem trabalhos publicados em revistas e congressos. Traduziu o livro “Tecnologia dos Plásticos” (Technologie der Kunststoffe). Foi durante 6 anos pesquisador do Grupo de Pesquisa e Treinamento em Comando Numérico e Automatização Industrial - GRUCON do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.